Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1291
Crítica: "A Filha do Meu Melhor Amigo" - Funny Girl

Cinema

Published on setembro 20th, 2013 | by Maiara Tissi

0

Crítica: “A Filha do Meu Melhor Amigo”

20300637Antes mesmo de deixar seu icônico personagem do seriado Dr. House, o ator Hugh Laurie já intendia desmistificar seu papel clássico ao embarca em uma típica comédia americana lançada nos Estados Unidos em 2011. O cinquentão contracena ao lado de Leighton Meester (também famosa pela televisão como a “vilã” de Gossip Girl) e dos veteranos Catherine Keener, Oliver Platt e Allison Janney no recente lançamento da Europa Filmes A Filha do Meu Melhor Amigo.

Como todos os filmes com títulos que relembram o deste desde O Casamento do Meu Melhor Amigo (passando por O Noivo da Minha Melhor Amiga e O Melhor Amigo da Noiva), o longa se centraliza em um relacionamento e a repercussão que ele tem nas pessoas em sua volta. Aqui o conflito se inicia quando duas famílias vizinhas e amigas há muitos anos se tornam ainda mais próximas – e mais distantes ao mesmo tempo – quando o pai de família David se envolve com a filha de seu melhor amigo, Nina. Além dos pais da garota, o casal tem que enfrentar também a ira dos filhos de David, Vanessa (Alia Shawkat), arqui-inimiga de Nina, e Toby (Adam Brody, no papel de nerd deslocado de sempre), quem a tem como paixão platônica.

20243342

O roteiro não é dos mais geniais, a história não é das mais originais e a direção de arte não se sobrepõe, assim como sua fotografia. O filme se apoia completamente em seu elenco, de fato talentoso. Experientes no gênero, todos possuem química na tela e ajudam – e muito – a elevar o nível da produção. As risadas acontecem e o público pode se deleitar com as situações constrangedoras alheias e as piadas e tiradas feitas nas oportunidades certas, sem exageros ou forçação de barra.

Despretensioso, A Filha do Meu Melhor Amigo não faz apostas altas nem se compromete, é um filme leve para um final de tarde. Talvez uma comédia esquecível, mas um programa tranquilo para se curtir em boa companhia. A fórmula pode dar certo com o público certo.

Tags: , , , , , , , ,


About the Author

Criadora e editora-chefe do site Funny Girl. Apesar de ter prestado vestibular para Rádio e TV e adorar dar uma de jornalista, Maiara é cineasta por formação. Residente em São Paulo, suas grandes paixões são o cinema e o teatro, embora também não resista a um bom livro e seja levemente viciada em seriados de televisão.



Comments are closed.

Back to Top ↑