Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1292
Reino Escondido - Funny Girl

Crítica

Published on maio 13th, 2013 | by Maiara Tissi

0

Crítica: “Reino Escondido”

03_mBlue Sky, a produtora responsável pela criação dos filmes Rio e A Era do Gelo, lança nos cinemas brasileiros sua nova animação: Reino Escondido. Baseado na obra literária de William Joyce, o longa apresenta uma espécie de reino mágico dentro de uma floresta onde vivem pequenos seres chamados Homens Folha. Em seu original, o elenco de estrelas que dá voz aos personagens inclui Amanda Seyfried, Josh Hutcherson, Christoph Waltz, Beyoncé e Steven Tyler. Já na versão brasileira contamos com o vozeirão de Daniel Boaventura e o humor de Murilo Benício.

A jovem protagonista Maria Catarina acaba de chegar na isolada casa de seu pai, após o falecimento da mãe, quando sem querer descobre o Reino dos Homens Folha, provando serem verdadeiras as teorias – consideradas malucas – de seu pai sobre a existência dos pequeninos. Além de precisar arrumar uma maneira de voltar a seu tamanho normal e retornar para casa, MC se vê como a peça chave na luta dos seres da floresta contra Mandrake, um animal maligno que pretende destruir tudo que há de bom ao seu redor. No caminho, a garota conhece Ronin, o fiel soldado da rainha que a oferece ajuda, e o também jovem, porém nada responsável, Nod.

09_mO desenho delicado sempre proporcionado pela Blue Sky ganha ainda mais força no cenário colorido e vibrante de Reino Escondido. A Rainha Tara parece quase uma Barbie, mas os traços perfeitos são vantajosos para os outros personagens também, deixando todos com uma faceta amigável, além de destacar elementos da natureza, como o extremamente bonito beija-flor que eles usam como meio de transporte. O traço gráfico, porém não deixa de garantir um Mandrake assustador o suficiente, assim como seus aliados, qaue se consistem em seres como urubus, sapos, morcegos e ratos.

Como toda animação infantil, especialmente nos últimos tempos, a trama possui uma grande quantidade de ação. Entre cenas de resgate, fuga e embate, porém, uma grande dose do filme é dedicada ao humor, outro foco constante da produtora e onde eles sempre saem bem sucedidos. Todos os personagens garantem momentos cômicos, mas as maiores gags estão relacionadas ao cachorro velho, manco e beijador Ozzy e à dupla composta pela lesma Mub e pelo caracol Grub. Esses dois últimos podem até mesmo representar a salvação para os papais e mamães que não estão com grande paciência para os clichês e estereótipos básicos encontrados na história.

Apesar de não ser essencial, a experiência em 3D em Reino Escondido é bastante válida. Por se tratar de uma produção extremamente visual e bastante bonita, diga-se de passagem, o recurso ajuda na profundidade das cenas e agrega uma sensação a mais ao espectador. Fofo e engraçado são os adjetivos que melhor resumem essa nova animação da Blue Sky, que chega aos cinemas nesta sexta-feira e mostra que inovar faz bem. Dica importante para o grupo, que finalmente aposentou A Era do Gelo e prepara uma continuação de Rio para o ano que vem.

 

Clique AQUI para acessar nossa galeria de fotos completa do filme. 😉

 

Trailer Dublado:

Trailer Legendado:

Tags: , , , , , ,


About the Author

Criadora e editora-chefe do site Funny Girl. Apesar de ter prestado vestibular para Rádio e TV e adorar dar uma de jornalista, Maiara é cineasta por formação. Residente em São Paulo, suas grandes paixões são o cinema e o teatro, embora também não resista a um bom livro e seja levemente viciada em seriados de televisão.



Comments are closed.

Back to Top ↑