Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1291
Crítica: "RED 2 - Aposentados e Ainda Mais Perigosos" - Funny Girl

Críticas

Published on julho 29th, 2013 | by Pedro Henrique Oliveira Vieira

0

Crítica: “RED 2 – Aposentados e Ainda Mais Perigosos”

Em 2010, o filme “RED – Aposentados e Perigosos”, adaptação de uma série de quadrinhos da DC Comics, conseguiu relativo sucesso ao ter como base um grande elenco de atores veteranos de ponta e sequências que misturavam ação com uma boa dose de comédia. Agora chega uma continuação, intitulada no Brasil como “RED 2 – Aposentados e Ainda Mais Perigosos” (RED 2), que repete basicamente a mesma fórmula de seu antecessor.

RED 2Nesse filme, novamente vemos Frank Moses (Bruce Willis), um ex-agente da CIA, vivendo pacificamente, agora acompanhado de sua companheira Sarah (Mary-Louise Parker). Mas começam a surgir problemas quando o governo americano volta a procurá-lo, após ele ter seu nome relacionado a um experimento que visava a criação de uma arma de destruição em massa. Com a ajuda de Marvin (John Malkovich), ele vai em busca da tal arma.

Assim como no primeiro longa, o que guia o desenvolvimento de Frank na trama é sua  relação com Sarah, que agora estará mais envolvida na ação da trama. Frank acaba por ser superprotetor com Sarah, enquanto ela tenta provar que pode acompanha-lo em suas missões. Isso cria uma subtrama divertida com as discussões do casal, e que é alimentada pelo ciúme de Sarah por Katja (Catherine-Zeta Jones).

Porém, se Frank e Sarah conseguem ser bem aproveitados na história, o mesmo não acontece com o resto dos personagens, principalmente os novos. A própria Katja é pouco explorada e até mesmo desnecessária, parecendo estar lá apenas para servir como empecilho para a relação do casal.

RED 2Outros personagens, principalmente antagonistas, também ficam apagados – sendo possível se esquecer de que alguns deles existem até o final do filme. Suas ações e motivações ficam mal explicadas. Hora eles agem de uma forma, hora de outra, e o roteiro não dá nenhuma justificativa valida para isso. Acaba que muita coisa na história passa em branco. Salvam se apenas aqueles interpretados por Malkovich e Helen Mirren, que já tinham sido apresentados no filme anterior. É de fato uma pena, já que se trata de um filme que possui um elenco de primeira, com todos desempenhando de forma incrível os seus papéis.

Em parte, esses problemas se dão pela tentativa de se fazer uma narrativa ágil, como se o que importasse não fosse os personagens e a história, e sim as cenas de ação e as piadas divertidas. Não que esses fatores não tragam um charme ao filme, mas mesmo eles se repetem. É notável, por exemplo, que o filme utiliza de suas sequências de perseguição, que acabam por ter grande semelhança até mesmo em sua montagem.

Há ainda uma tentativa de se construir sucessivas reviravoltas, para prender a atenção do espectador, mas assim como as cenas de perseguição, tudo se repete, e após a metade da película, não é difícil prever o que vem em seguida.

Tudo termina sem surpresas em “RED 2”, embora não se trate de uma má continuação. É um filme que ainda tem um encanto e prende a atenção, mesmo não conseguindo trazer a mesma genialidade de seu antecessor.

A estreia acontece em 2 de Agosto.

Tags: , , , , , , , ,


About the Author

Sou estudante de comunicação e apaixonado pela sétima arte. Vivo inteirado pelo universo dos quadrinhos, e adoro passar meu tempo vendo séries de tv, animações e ouvindo boas músicas. Também tenho uma boa paixão pela literatura e amo escrever.



Comments are closed.

Back to Top ↑