Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1246
It's a Bird...It's a Plane...It's Superman! - Funny Girl

Crítica 1

Published on abril 19th, 2013 | by Miriam Spritzer

0

It’s a Bird…It’s a Plane…It’s Superman!

Encore's It's A Bird It's A Plane It's SupermanA crítica está um pouco atrasada, mas ainda vale comentar: It’s a Bird… It’s a Plane… It’s Superman é sem dúvida um dos musicais mais fofos de todos os tempos! A versão original do musical foi feita em 1966, dirigida pelo já famoso Hal Prince. A peça estrelava Bob Cassidy, featuring – ninguém mais ninguém menos que – Linda Lavin. A identidade musical é bastante semelhante ao som popular da época, assim como os cenários e figurinos recebiam grande influência de seus contemporâneos elementos de Pop-art.

A música de Charles Strouse e letra de Lee Adams não poderiam ter sido melhores e também faziam referência a cultura pop da época. No número “The Woman for the Man” por exemplo, podemos destacar a frase “The man who has everything”, baseada em um conceito utilizado em um comercial de televisão da época. Além das referências nas letras, os compositores respeitaram ainda o estilo musical que era popular na década de 1960.

Já que estamos falando de alguns números específicos, o musical possui há várias canções inesquecíveis. Para citar algumas: “We don’t Matter at all”, “You’ve got Possibilities”, “Ooh Do you Love You”, “You’ve Got What I Need”. Suas letras são simplesmente incomparáveis!

2Está aí a ironia deste musical, que tinha tudo para ser uma peça tosca e um fracasso de bilheteria, porém através de um material muito bem formulado, foi grande um sucesso e até hoje se mostra como um musical com potencial comercialmente interessante. Para confirmar isso, durante o talk back que acontece todos os sábados após a matine do espetáculo com o creative team, foi destacado que o musical continua sendo o melhor musical de super-heróis que já pisou na Broadway. Point taken contra Spiderman Turn Off The Dark, atualmente em cartaz.

A produção Encores!, como sempre, soube trazer a graça da peça original de volta. Respeitando a cultura do pop art e dos quadrinhos, o diretor John Rando conseguiu colocar no palco um  espetáculo genial, marcando o que provavelmente foi uma das melhores peças que eu já assisti no programa.

A seleção de elenco foi ideal para a peça, Edward Watts (Superman), Jenny Powers (Lois Lane), os vilões Will Swenson (Max) e David Pittu (Dr. Sedgwick) estavam maravilhosos,  principalmente em “You’ve Got What I Need!”. E claro, os coadjuvantes que roubaram a cena Alli Mauzey (Sydney) e Adam Monley (Jim).

Infelizmente não fizeram nenhuma gravação deste espetáculo para ser vendida ao público. Mas para os amantes de teatro musical, o original cast recording é um must have!

 

Tags: , , , , , , , ,


About the Author

Apaixonada por New York e pela Broadway, sou aquela pessoa que vê cinco peças em um fim de semana, acompanha revistas e sites de moda e frequenta o MOMA mais do que a academia. Além de correspondente do Funny Girl na Big Apple, trabalho em coaching e vivo pelo mundo competitivo das performing arts como cantora, atriz e ex-bailarina clássica.



Comments are closed.

Back to Top ↑