Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1291
"Foxcatcher" e as atuações que chocaram a todos - Funny Girl

Cinema Foxcatcher

Published on janeiro 15th, 2015 | by Maiara Tissi

1

“Foxcatcher” e as atuações que chocaram a todos

 

#EspecialOscar2015

Na corrida do Oscar sempre tem espaço para um drama baseado na vida de um atleta que precisou enfrentar os mais sinuosos obstáculos e as mais obscuras tragédias para se superar e inspirar através do esporte. Este ano é a vez de Foxcatcher – A História que Chocou o Mundo se juntar ao hall de títulos como O Vencedor, que levou a estatueta na categoria Melhor Ator Coadjuvante por Christian Bale, e O Lutador, que trouxe Mickey Rourke de volta aos holofotes.

O medalhista olímpico e lutador Mark Schultz (Channing Tatum) vive na agonizante sombra de seu irmão mais velho, David (Mark Ruffalo), também vencedor no mesmo esporte.  Sob a pressão imposta por si mesmo em ser o melhor e vencer não apenas uma vez, mas continuar em uma curva ascendente, Mark ignora as inevitáveis limitações de qualquer progresso e se dedica com afinco a atingir os lugares já conquistados pelo irmão. Embora exerça o papel de maior apoiador em sua vida pessoal e profissional, para Mark, David simboliza também sua inferioridade.

Foxcatcher

Notado pelo milionário John du Pont (Steve Carell), treinador e herdeiro de uma família de dinastia vencedora na corrida de cavalos, Mark ganha a oportunidade de trabalhar para chegar a mais um campeonato olímpico e é absorvido de vez na competitividade interna e externa enfrentada por ele todos os dias. O cotidiano de lutas, porém, transforma a relação de admiração mútua entre atleta e treinador. Quando a pressão aumenta e as exigências e decepções superam os momentos de motivação, uma tensão crescente toma conta do ambiente e da vida de Mark.

A trama dos irmãos Schultz e do treinador du Pont, porém, foge das regras dos filmes de superação e quebra a ordem narrativa que costuma encaminhar longas do gênero. É com passe lento em uma sequência de cenas silenciosas que o diretor Bennett Miller (Capote e O Homem que Mudou o Jogo) introduz seu protagonista solitário ao público. O ritmo dita o resto do filme, que não recorre a cortes rápidos, trilha sonora ou close ups durantes as lutas para sensibilizar e gerar uma velocidade mais digerível ao espectador. Miller também não faz questão de criar um clima de suspense para instigar seu público, que mesmo assim entende que algo está muito errado no caminho que as coisas estão tomando.

Foxcatcher

A identidade imposta pelo diretor é o maior mérito do longa, porém não o único. A escolha e o trabalho surpreendentes do elenco composto por Channing Tatum, Steve Carell, Mark Ruffalo e Vanessa Redgrave chamam a atenção por sua espetacularidade. Especialmente no caso de Tatum e Carell, é preciso dizer. Afamados por suas atuações cômicas, ambos demonstram talento abrangente e competência ao manusear personagens tão dimensionais e complexos. A transformação da comédia para o drama parece abrupta considerando que recentemente ambos estrelaram comédias nas telonas, o que, convenhamos, torna tudo ainda mais interessante.

 

Indicações ao Oscar 2015: Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Roteiro Original, Melhor Cabelo e Maquiagem.

 

Veja também:

Lista de Indicados ao Oscar 2015

“Birdman” e a vida nada glamourosa dos bastidores do entretenimento

“Garota Exemplar” e sua rede de mistérios 

“Boyhood” e a arte de Richard Linklater  

Incontestavelmente “Invencível”

 

Tags: , , , , , ,


About the Author

Criadora e editora-chefe do site Funny Girl. Apesar de ter prestado vestibular para Rádio e TV e adorar dar uma de jornalista, Maiara é cineasta por formação. Residente em São Paulo, suas grandes paixões são o cinema e o teatro, embora também não resista a um bom livro e seja levemente viciada em seriados de televisão.



One Response to “Foxcatcher” e as atuações que chocaram a todos

  1. Pingback: Contos de fadas se encontram no musical "Caminhos da Floresta" - Funny Girl

Back to Top ↑