Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1292
Os Addams Estão Chegando! - Funny Girl

Entrevistas

Published on fevereiro 27th, 2012 | by Maiara Tissi

2

Os Addams Estão Chegando!

Mortícia, Gomez, Wandinha, Feioso, Fester, Vovó e Tropeço já estão no Brasil e se apresentam a partir do dia 2 de março no Teatro Abril, em São Paulo. A Time For Fun traz a família mais divertida e assustadora do mundo nesse musical de Marshall Brickman, Rick Elice e Andrew Lippa, que fez um tremendo sucesso na Broadway e agora visa por uma turnê mundial, começando aqui, na terra da garoa.

Na coletiva de imprensa dada na manhã desta segunda, dia 27, o produtor Stuart Oken juntamente com Jerry Zaks, Andrew Lippa, a brasileira Stephanie Mayorkis e outros membros da produção comentaram principalmente sobre como foi fazer a adaptação dos icônicos personagens criados pelo cartunista Charles Addams para um musical e também das mudanças feitas para a versão brasileira.

“Depois que terminamos o projeto, ainda queríamos melhorá-lo, sentíamos que havia certas coisas que precisavam ser terminadas. Fizemos isso antes de sairmos em turnê pelos Estados Unidos, as apresentações que acontecem atualmente lá são essa versão melhorada, que é a mesma que trazemos para o Brasil e levaremos na turnê mundial”, Jerry Zaks, consultor criativo.

A coreógrafa associada Dontee Kiehn diz como é trazer esses personagens para o palco de um musical: “Por serem personagens animados, foi um trabalho bem diferente. Tivemos que encontrar um tipo de movimento e estilos de dança e música que combinassem com eles. O número de abertura, por exemplo, é um humor mais tradicional e bem Broadway”. A brasileira Fernanda Channan completa “Eles deram muita liberdade para nós adaptarmos a dança para os diferentes intérpretes. A Marisa (Orth) e a Sara (Salles) são bem diferentes entre si, então mesmo que seja a mesma personagem e o mesmo figurino, as interpretações são diferentes e, portanto, o jeito de dançar também”.

Entre sorrisos e declarações ao Brasil, Jerry Zaks admite que a parte mais difícil foi a tradução das músicas, trabalho muito bem feito por Claudio Botelho, e pequenas mudanças foram feitas porque determinadas coisas que a plateia americana correspondia, não se encaixa com a brasileira e o que o que eles criaram aqui, poderia não ter graça lá. Mas nada além disso, pois segundo ele “O assunto principal da peça é universal. Trata de família e tolerância. Tanto os brasileiros quanto os americanos ou qualquer família do mundo pode se identificar com as situações vivida pelos Addams e acho que essa identificação seja um dos motivos do grande sucesso dessa peça”.

O sucesso já chegou também por aqui, Daniel Boaventura comentou das três apresentações especiais já feitas e como o espetáculo foi bem recebido. “Nesse momento já recebemos um público que se desenvolveu juntamente com o teatro musical brasileiro, está mais acostumado com a linguagem e são também mais exigentes. Estamos muito felizes, pois a resposta até agora foi incrível”. Enquanto ele diz que se inspirou, entre outras coisas, na interpretação de Chico Anysio como Alberto Robertol, Marisa Orth revela que olhou para diversas mulheres icônicas, “Até mesmo na Miss Pig! Essa certeza que ela tem de ser fantástica, de estar arrasando, é o máximo!”.

Agora é a sua vez de ver se concorda com esse público sortudo que já assistiu à peça e comigo e a Tamy, que ficamos naquela vontade de quero mais! Tire suas próprias conclusões com essas duas apresentações musicais, começando com a cena de abertura, “Pra Quem É Addams”:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=03ds23FYgDI&w=420&h=315]

A qualidade do vídeo não está como esperada, mas nesta segunda apresentação está melhor. Já em meados da peça, descobrimos que Wandinha está interessada por Lucas, um garoto de família “normal” e resolve fazer um jantar para reunir as duas famílias. Enquanto Gomez a apóia, Morticia não está nada feliz com a ideia:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Zc3mB35mPEc&w=420&h=315]
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=CYFEbEMVUQc&w=420&h=315]

Aqui, Marisa Orth responde nossa pergunta sobre a experiência nos bastidores do espetáculo da Broadway e no vídeo seguinte diz que sonhava em interpretar Mortícia:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=r-JTJ7-gmVQ&w=420&h=315]
[youtube http://www.youtube.com/watch?v=M7Zd23cgQ_0&w=420&h=315]

Os ingressos vão de R$70,00 a R$250,00 em entradas inteiras e os clientes dos cartões de crédito Bradesco, Bradesco Seguros e American Express Membership Cards recebem um desconto especial de 20% e contam com parcelamento em até 3 vezes sem juros no cartão. Suspiro molhadinho!

Alguém mais aí ficou louco para conferir nos palcos essa família tão sedutora e levemente macabra?

Tags: , , , , , , , ,


About the Author

Criadora e editora-chefe do site Funny Girl. Apesar de ter prestado vestibular para Rádio e TV e adorar dar uma de jornalista, Maiara é cineasta por formação. Residente em São Paulo, suas grandes paixões são o cinema e o teatro, embora também não resista a um bom livro e seja levemente viciada em seriados de televisão.



Back to Top ↑