Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1292
Quando menos se espera.. - Funny Girl

(In)Utilidades

Published on maio 31st, 2013 | by Jeniffer Zdrojewski

0

Quando menos se espera..

Fiquei a maior parte do tempo só tentando dominar o cabelo. Roupa ok, maquiagem ok. Mas o cabelo contestando minha felicidade e se rebelando novamente. Nada fora do comum.

Peguei os sapatos e desci as escadas correndo com a pequena impressão de que já estava atrasada. Olhando o relógio acima da porta de entrada vi que era apenas uma impressão mesmo. Ainda tinha os meus 20 minutos de concentração até que ele chegasse para podermos jantar. No convite, ele deixava claro que seria uma noite importante e me deixou curiosa o restante da semana. Fitei o relógio novamente, ao mesmo tempo que calçava os sapatos.

O salto entrou como uma luva e sua cor vinho brilhante combinava de um jeito magnifico com o vestido de seda. Leve num tom azul escuro quase chumbo. O detalhe dourado do sapato e o cintinho fino que arrumei para que o vestido não parecer tão ”velho”, casaram de um jeito bem feminino. Adorava o caimento daquele vestido, um dos meus favoritos.

Me levantei rapidamente e corri para os espelhos grandes da sala para verificar se os fios (da tentativa de um penteado) estavam no lugar. Tudo em ordem, e agora seria só esperar.

Quando pensei em me sentar para aguarda-lo, a campainha tocou. Em questão de segundos senti meu coração na boca. Um frio na barriga e o meu rosto queimar num nervosismo nunca visto antes.

Fui em direção a porta, respirei fundo e a abri.

Ali estava ele, com aquele sorriso magnifico e poderia sentir aquele perfume de muito, muito longe. Com um blazer azul marinho e corte impecável ele retirou uma de suas mãos atrás das costas e me entregou um buque de rosas brancas e vermelhas.. onde as vermelhas desenhavam um coração no meio do ramos de flores.

Meus olhos brilharam e aquela surpresa me fez soltar um suspiro e o sorriso mais bobo possível.

– Oi.. são pra você. Você..você está linda!. Disse ele.

– São lindas! Eu nem tenho como agradecer… você também está lindo.. Respondi.

Ficamos ali nos fitando ainda por alguns segundos, quando me virei para guardar as rosas para podermos sair, ele pediu para que esperasse e sacou do bolso da calça uma caixinha azul, se ajoelhou, abriu a caixinha e disse…

– Sei que parece simples.. não é nenhuma super produção.. mas não posso mais esperar… Aceita namorar comigo?

Meu coração parou. E senti uma explosão de adrenalina inexplicável. Parecia um sonho que não faria questão alguma de acordar e ali percebi que a melhor noite do mundo, estava realmente, apenas começando.

Tags: , , , , ,


About the Author

Estudante de Jornalismo, viciada em livros, futebol, chocolate, compras e boas companhias. Ser amante do trabalho social não é dever e sim paixão. Poder ajudar o próximo e fazer o outro sonhar e sorrir é único! Apaixonada por novas tendências e tudo que nos torna mais feminina. E acho que toda mulher merece subir no salto com estilo, elegância e poder.



Comments are closed.

Back to Top ↑