Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-content/themes/gonzo/includes/widget_areas.php on line 154 and defined in /var/www/html/funnygirl.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 1246
Traição: Perdoar ou não? - Funny Girl

(In)Utilidades tumblr_m6t51y8w9o1raugh8o1_500_large

Published on agosto 9th, 2013 | by Jeniffer Zdrojewski

0

Traição: Perdoar ou não?

Quem nunca pecou, que atire a primeira pedra.
Dos pecados que passam despercebidos até aqueles que exijam o perdão.
Se você já ouviu falar que certas coisas não merecem ser perdoadas, sabe bem do que se trata.

E hoje em dia, e na maior parte do tempo, desde das antiguidades, um assunto que levanta muita poeira, e é bastante discutido entre homens e mulheres, é sobre TRAIÇÃO. Palavrinha que assusta aos que já foram traídos e intimida os que já traíram.. Mas afinal, traição merece ser perdoada? Bem, para uns sim, para outros de jeito nenhum! E lógico, para o indecisos, depende.

Existe a questão do contexto, da intensidade, frequência e envolvidos. Não digo aqui apenas traição entre homem e mulher, mas também de amigos, familiares.
Na questão do contexto se observa a historia, enredo e motivo. A intensidade se refere aos sentimentos envolvidos, frequência é o número de vezes e períodos. E envolvidos, personagens.

Independente destes fatores, acredito eu, que traição tem q ser vista muito além. A segunda chance tem que ser cogitada, mas nem sempre e quase nunca é merecida.

Um casal, amigos, familiares.. Há sentimentos envolvidos. Há confiança, amor. Agora pense.. Se você ama, se você confia, a traição deveria passar longe!
Exemplificando, no caso de um casal.. Se existe o amor, não existe razão para uma terceira pessoa na historia. E se existe é porque aquele amor não existe mais. A mania de dizer que pode ser coisa do momento, um deslize ou coisa do gênero sempre vai existir….
Na minha humilde opinião, é tudo desculpa.
Termine, comece do zero, abra o jogo. Fácil não é, mas honestidade em primeiro lugar. E lógico, se existe mesmo amor ( nas desculpas para justificar o porque trair) o minimo que se pode fazer é fazer as coisas sem culpa. Seja no namoro, na família ou na amizade.

Por Jeniffer Zdrojewski.

Tags: , , , , , , , , ,


About the Author

Estudante de Jornalismo, viciada em livros, futebol, chocolate, compras e boas companhias. Ser amante do trabalho social não é dever e sim paixão. Poder ajudar o próximo e fazer o outro sonhar e sorrir é único! Apaixonada por novas tendências e tudo que nos torna mais feminina. E acho que toda mulher merece subir no salto com estilo, elegância e poder.



Comments are closed.

Back to Top ↑